Polícia Federal (PF) encerra caso Adélio e repete que ele agiu sozinho em facada - Itabira Online
sábado, junho 15

Polícia Federal (PF) encerra caso Adélio e repete que ele agiu sozinho em facada

Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Polícia Federal (PF) arquivou o inquérito que investigava se haveria outros envolvidos, além de Adélio Bispo, no atentado à facada desferido contra o então candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro em 2018, um mês antes das eleições.

Segundo relatório divulgado nesta terça-feira (11/06) pela PF, “houve apenas um responsável pelo ataque, já condenado e preso”. O atentado foi cometido por Adélio Bispo, quando Bolsonaro visitava a cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

– Durante as diligências, foram cumpridos mandados de busca e apreensão para nova análise de equipamentos eletrônicos e documentos. Outros possíveis delitos foram descobertos, relacionados a um dos advogados de defesa do envolvido no ataque, mas sem qualquer ligação com os fatos investigados – informou a PF, sem detalhar quais seriam esses delitos, mas explicando que teria relação com o crime organizado.

O novo relatório, que atende solicitações do Ministério Público Federal, aguarda agora a manifestação do juízo.

Share.

Comments are closed.

  • E-mail: itabiraonlinemg@gmail.com
    Redação Itabira-Online: (31) 98794-2394
© 2020 Itabiraonline - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Marcos Tulio