Itabira inaugura primeiro posto de coleta de sangue da Hemominas - Itabira Online
sexta-feira, maio 24

Itabira inaugura primeiro posto de coleta de sangue da Hemominas

Pinterest LinkedIn Tumblr +

PACE vai funcionar no Hospital Municipal Carlos Chagas. Os serviços de coleta de sangue estão previstos para começar no dia 6 de junho

Nesta quarta-feira (15/05), a Prefeitura de Itabira e a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Minas Gerais (Hemominas) inauguraram o primeiro Posto Avançado de Coleta Externa (PACE) da região. Denominado Dr. José Pinto, o posto foi instalado no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) a fim de possibilitar a ampliação do número de candidatos à doação de sangue, devido à proximidade, segurança e conforto proporcionado ao doador.

Diversas autoridades estaduais e regionais participaram da solenidade. Entre elas, o prefeito Marco Antônio Lage; o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti; a presidente da Fundação Hemominas, Júnia Guimarães Mourão Cioffi; o vice-prefeito, Marco Antônio Gomes; a secretária municipal de Saúde, Fabiana Marques Machado Lima; o diretor-presidente da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), Flaviano Feu Ventorim; e a esposa do saudoso doutor José Pinto, Eloisa Oliveira.

“Essa é uma demanda da solidariedade, da doação. E doação é um ato de amor. Provavelmente, este é um dos gestos de compartilhamento mais nobres que existem em um ser humano. Doar, inclusive, sem saber para quem. Em Itabira, temos essa vocação. Finalmente, temos essa grande conquista para a nossa cidade, para a saúde pública: a instalação do PACE”, destacou Marco Antônio Lage.

Por sua vez, Fábio Baccheretti explicou que a Hemominas é um dos melhores hemocentros do país e conta com tecnologia de ponta. Entre as inovações, distinguiu o processo de inativação de patógenos, uma técnica que, no Brasil, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), apenas a Fundação aplica.

“Temos tecnologias na Hemominas que geram risco muito menor em uma transfusão. Com a inativação de patógenos, pacientes que tiveram dengue ou covid recentemente, a gente consegue fazer a inativação. Ou seja, aquele sangue fica limpo, mais puro. E no Brasil, em larga escala, só temos, praticamente, o Hemominas fazendo isso. Temos um banco de sangue privado em São Paulo, que faz com a mesma tecnologia, mas em uma escala muito pequena. Temos que ter muito orgulho da Hemominas”.

Inicialmente, o PACE vai coletar sangue uma vez por semana, nas quintas-feiras, das 7h30 às 14 horas. Com isso, a princípio, serão 60 doadores semanalmente. No entanto, o posto tem capacidade para funcionar todos os dias e aumentar o número de doadores. Na fase mais ampla do projeto, espera-se atender 2.400 candidatos à doação e coletar, pelo menos, 1.900 bolsas ao ano, ou seja, 200 doadores por mês, sendo coletadas cerca de 50 bolsas em cada dia de funcionamento.

Os serviços estão previstos para começar no dia 6 de junho, após o treinamento online e presencial de toda a equipe pela Fundação Hemominas. A carga horária dos treinamentos varia de acordo com as atividades exercidas por determinado profissional. De acordo com a Secretaria Municipal de saúde (SMS), a preparação mais extensa é da equipe de enfermagem, devido à complexidade da atividade e conhecimento dos protocolos a serem implantados.

Para doar, será necessário fazer agendamento prévio, por telefone ou whatsapp. Os números serão divulgados em breve nos canais FSFX, administradora do HMCC. Os agendamentos também poderão ser feitos presencialmente, por ordem de chegada, respeitando a capacidade instalada na unidade e o horário de funcionamento.

Em tempo

A instalação e operacionalização do Posto Avançado de Coleta Externa (PACE), em Itabira, busca fortalecer o suporte dos serviços de hemoterapia e hematologia, a fim de atender a demanda de sangue e hemocomponentes, seja pela ampliação do número de coleta de sangue, seja pela segurança e melhoria das condições ofertadas aos doadores voluntários de sangue na região.

“Este projeto, uma cooperação de esforços entre a Prefeitura de Itabira e a Fundação Hemominas, vai atender a demanda de hemoterapia, dos estabelecimentos de assistência à saúde do SUS e dos demais hospitais, clínicas ou serviços de saúde, localizados na nossa região. Além, é claro, de possibilitar a ampliação do número de doadores de sangue, pela proximidade e conforto proporcionado ao doador, bem como pela redução de custos e de riscos de deslocamento até Belo Horizonte”, explicou o prefeito Marco Antônio Lage.

Com um investimento de R$ 740 mil (R$ 500 mil para execução da obra conforme preconiza a Hemominas e a Vigilância Sanitária, e outros R$ 240 mil para equipamentos e mobiliário), o serviço deve contar com uma equipe formada por 17 profissionais, que também serão custeados pela Prefeitura de Itabira, por meio do HMCC. Além disso, cabe ao Município arcar com a manutenção da unidade e os custos de alguns materiais e medicamentos utilizados. As bolsas de armazenamento serão fornecidas pela Hemominas.

Saiba mais

Itabira e região contam com aproximadamente 2.500 doadores de sangue. Apenas o grupo itabirano Doe Vida – uma referência estadual na organização e realização de doações de sangue – possui 1.600 pessoas cadastradas que doam regularmente. A cada 15 dias, os doadores saem de Itabira, em vans cedidas pela Prefeitura, para realizar a ação.

Para a representante da Doe Vida, Aérica Aires, a implantação do PACE vai beneficiar muitos pacientes, tanto de Itabira quanto da região, além de proporcionar mais conforto para os doadores de sangue que saem de Itabira muito cedo para fazer a doação em BH. “Às vezes temos empecilhos com o trânsito, ficamos parados na BR-381, ficamos expostos a acidentes, já que a estrada é tão perigosa. Com a implantação deste posto de coleta, teremos muitos benefícios”, ressaltou.

Share.

Comments are closed.

  • E-mail: itabiraonlinemg@gmail.com
    Redação Itabira-Online: (31) 98794-2394
© 2020 Itabiraonline - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Marcos Tulio