Minas confirma a segunda morte por dengue em 2024. Belo Horizonte registra 4.482 casos. Itabira vem em seguida com 2.524 - Itabira Online
segunda-feira, fevereiro 26

Minas confirma a segunda morte por dengue em 2024. Belo Horizonte registra 4.482 casos. Itabira vem em seguida com 2.524

Pinterest LinkedIn Tumblr +

Subiu para para dois o número de pessoas que perderam a vida em razão de complicações da dengue em Minas neste ano. Conforme informou a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta sexta-feira (26/01), a vítima é uma idosa que morava na cidade de Araguari, no Triângulo Mineiro.

De acordo com o painel de monitoramento de casos de arboviroses, os casos confirmados da doença também subiram em relação ao último número divulgado pela SES-MG e somam 17.887. As mortes em investigação também aumentaram, e passaram de 14 para 24.

A secretaria ainda registra uma morte por chikungunya e aumento de casos, que saltou para 4.869. Há uma confirmação de zika e nenhum óbito pela doença.

No Estado, Belo Horizonte é, disparada, a cidade com mais casos para a doença. São 4.482 casos, enquanto Itabira, na região Central, vem em seguida com 2.524.

Epidemia

Na terça, o secretário de Estado de Saúde, Fábio Bacchereti, afirmou que, nos últimos meses, a dengue manifestou um “comportamento epidêmico” em Minas. O Estado espera que o pico das doenças ocorra em fevereiro e março. A disparada de casos e as mortes por dengue e chikungunya em 2024 vão levar Minas a decretar situação de emergência.

Pelo menos 600 cidades mineiras já registraram casos de dengue em 2024. O número representa mais de 70% dos 853 municípios no Estado. Em 156 localidades, a incidência da doença é classificada como “alta ou muito alta”.

Dentre as ações realizadas, segundo Baccheretti, foram abertos leitos de enfermaria em unidades da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), como nos hospitais Eduardo de Menezes, Júlia Kubitscheck e Infantil João Paulo II.

Vacina

O Ministério da Saúde divulgou,nesta quinta-feira (25) a lista das cidades que irão receber a vacina contra a dengue. Sem doses suficientes para enviar a todas as prefeituras, a pasta irá priorizar os municípios com mais casos da doença confirmados. Em Minas, serão 22 municípios contemplados com o imunizante Qdenga, do laboratório japonês Takeda.

As primeiras doses da vacina serão aplicadas em crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. A expectativa é que a campanha comece em fevereiro.

Share.

Comments are closed.

  • E-mail: itabiraonlinemg@gmail.com
    Redação Itabira-Online: (31) 98794-2394
© 2020 Itabiraonline - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Marcos Tulio