A historia de Notre-Dame, a catedral mais famosa do mundo, que arde em chamas - Itabira Online
domingo, junho 16

A historia de Notre-Dame, a catedral mais famosa do mundo, que arde em chamas

Pinterest LinkedIn Tumblr +

A catedral de Notre-Dame, em Paris, tomada pelas chamas de um incêndio ainda não explicado. Um dos maiores símbolos da França e um dos monumentos mais famosos do mundo, parte do edifício veio abaixo, com suas icônicas torres implodindo e incontáveis vitrais, altares e outras obras de seu estilo gótico sendo tomados pelo fogo.

As chamas tomaram o edifício histórico por volta das 18h50, horário local (13h50 de Brasília). Segundo os bombeiros parisienses, o incêndio provavelmente está relacionado a grandes reformas que eram feitas para a restauração da catedral. A procuradoria francesa já abriu uma investigação para determinar o que iniciou o fogo.

CONSTRUÇÃO ATRIBULADA

Com mais de 850 anos, a Catedral de Notre-Dame é um dos símbolos de Paris desde sua construção. Proposta pelo rei Luís XVII e pelo bispo Maurice de Sully, a igreja teve sua pedra fundamental lançada em 1163 e só foi oficialmente completada em 1345, quase dois séculos depois. 

Uma ilustração mostrando a Catedral de Notre-Dame em 1857 Foto: Kean Collection / Getty Images

Idealizada como símbolo da importância crescente de Paris na vida francesa e europeia, a Notre-Dame não foi o primeiro templo religioso a ocupar o coração da Île de la Cité, no que hoje é o quarto arrondissement da cidade. Nos tempos romanos, o local fora ocupado por um templo pagão, que foi subsequentemente demolido para a construção de duas basílicas.

Desde sua construção, porém, a catedral de 128 metros de altura e 48 de largura se tornou um símbolo universalmente conhecido de Paris e da França como um todo. Não à toa, é o monumento histórico mais visitado da Europa, recebendo 12 milhões de visitantes anualmente. 

A catedral foi amplamente celebrada pelos parisienses em 1963, quando completou 800 anos. Como é possível ver neste vídeo gravado na ocasião, o monumento passou por um largo trabalho de restauração na década de 60, que culminou nas festividades. Ele fez parte de uma série de renovações propostas pelo então ministro da cultura, André Malraux um dos muitos escritores e artistas que fizeram parte da história da catedral.

Share.

Leave A Reply

  • E-mail: itabiraonlinemg@gmail.com
    Redação Itabira-Online: (31) 98794-2394
© 2020 Itabiraonline - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Marcos Tulio