Preço de medicamentos tem aumento autorizado pelo governo - Itabira Online
domingo, maio 19

Preço de medicamentos tem aumento autorizado pelo governo

Pinterest LinkedIn Tumblr +

O governo decidiu autorizar o aumento de reajuste de até 4,33% no preço dos remédios. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União de ontem e já tem validade a partir deste domingo. A medida foi decidida pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Resultado de imagem para aumento de medicamento

Ao contrário do ano passado, o reajuste, que ficou acima da inflação, será linear para todos os medicamentos. Mas isso não significa que todos terão esse aumento de preço automaticamente. Cada empresa pode adotar reajustes menores até o teto estipulado.

A mudança levou em consideração alguns fatores que influenciaram a produção de medicamentos, entre eles estão o impacto da energia elétrica, produtividade das indústrias e câmbio.

De acordo com o Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo), o reajuste autorizado não repõe a inflação e muito menos os aumentos incorporados à estrutura de custos do setor.“Essa situação perversa afeta a saúde financeira das empresas, com reflexos negativos nos investimentos e no lançamento de novos produtos”, afirma Nelson Mussolini, presidente executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma).

Entre 2008 a 2016, para um reajuste de preços dos medicamentos acumulado de 58,83%, a inflação geral acumulada atingiu 77,20% (INPC-IBGE) e os aumentos de salário concedidos pelo setor somaram 93,41%.

Share.

Leave A Reply

  • E-mail: itabiraonlinemg@gmail.com
    Redação Itabira-Online: (31) 98794-2394
© 2020 Itabiraonline - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Marcos Tulio