Bebê de mulher resgatada com corda em Brumadinho tem corpo identificado - Itabira Online
quarta-feira, fevereiro 28

Bebê de mulher resgatada com corda em Brumadinho tem corpo identificado

Pinterest LinkedIn Tumblr +

O corpo de um bebê de 1 ano e seis meses, vítima do rompimento da barragem da mineradora Vale S.A., em Brumadinho, foi identificado. Heitor Prates Máximo da Cunha é filho de Paloma Prates da Cunha, 22 anos, vítima que ficou conhecida após ser resgatada com a ajuda de uma corda após o rompimento da estrutura em 25 de janeiro, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A lista das vítimas identificadas no Instituto Médico Legal (IML) foi atualizada na quarta-feira (27) pela Polícia Civil de Minas Gerais. A criança está entre os 182 mortos confirmados no rompimento.

O pai do menino, Robson Máximo Gonçalves, e a tia dele, Pâmela Prates da Cunha, também morreram. Em entrevista à Globo, Paloma disse que às vezes acredita que o ocorrido não passou de um sonho e que ao chegar em casa encontrará sua família. “Eu não vou escutar o meu filho me chamando de mãe”, afirmou.

Share.

Leave A Reply

  • E-mail: itabiraonlinemg@gmail.com
    Redação Itabira-Online: (31) 98794-2394
© 2020 Itabiraonline - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Marcos Tulio